20 Maus Hábitos que Fazemos Quando Estamos Sós.

20 Maus Hábitos que Fazemos Quando Estamos Sós

Já percebeu que assim que você coloca a chave na porta, entra em sua casa e se prepara para estar sozinho ou com seus familiares, você se torna uma versão ligeiramente diferente de si mesmo?

Você não é bem a mesma pessoa que você era no trabalho, em ambientes sociais ou quando estava no mercado. Há algo de diferente quando estamos na privacidade dos nossos lares e que nos permite escapar de nossos personagens e relaxar em nossos verdadeiros eus, sem filtros.

Claro que existem muitos pontos positivos em deixar de lado quaisquer pretextos, sentir-se completamente à vontade e desinibido. Nossas casas são um refúgio seguro onde podemos relaxar, ser aceitos e autênticos. Todos nós precisamos desfrutar da privacidade com nós mesmos, nossas famílias para nos re-energizar, nos expressar abertamente ou simplesmente relaxar sem julgamento ou interrupção do mundo exterior.

Mas nossa privacidade, o estar só ou com nossa família, também nos dá a oportunidade de sermos menos do que o melhor de nós, digo, pensar e fazer coisas que são o nosso bem maior. Não me refiro a coisas ilegais, imorais ou comportamentos distorcidos privados. Estou falando sobre as formas que sutilmente ou às vezes abertamente inferiorizam a nossa confiança, nossa saúde, nossa integridade e nossos relacionamentos.

Quando estamos na privacidade de nossos lares, é fácil escorregarmos nesses atos e pensamentos por que não há ninguém lá para nos lembrar, nos filtrar ou nos julgar – exceto pelos nossos familiares que consideramos como normal. Esperamos que eles nos amem, apesar de nossos maus comportamentos.

Talvez os momentos de privacidade em nossos lares possam ser o campo de treinamento para evoluirmos para uma versão melhor de nós mesmos. Ao invés de esperar aos olhos do público para nos forçar a escalar para o nível das expectativas sociais, por que não analisar quem você é quando não há barreiras para ver se você está feliz e realmente gosta da versão particular de si mesmo? Se não gostar, você pode começar praticando um upgrade de suas auto expectativas em privado, assim elas se tornarão naturais em qualquer situação.

Aqui estão 20 maus hábitos que fazemos quando estamos em privacidade. Veja se você se reconhece em qualquer um desses e pense sobre como começar a contorná-los:

1. Inventamos desculpas e mentimos para nós mesmos

Quando estamos sós é fácil arrumarmos uma desculpa, como por exemplo, para não fazermos exercícios dizendo a nós mesmo que estamos cansados ou que não precisamos dele. É fácil enterrar nossa cabeça na areia nos escondendo de nossas obrigações ou promessas quando ninguém está olhando. Como você cria desculpas ou mente para si mesmo quando está sozinho?

2. Desistimos muito cedo

Sem responsabilidade ou prazos, é tentador desistir de um projeto ou tarefa antes que seja terminada. O que isso importa? Quem está vendo? Mas se desenvolvermos o ato de adiamento ou falta de acompanhamento, isso pode se tornar um hábito em todas as áreas de nossa vida.

3. Analisamos e ficamos obcecados com a aparência.

Quando você está sozinho se vestindo em frente ao espelho, com que frequência você se depara analisando suas falhas ou se sentindo mau com sua aparência? Se há algo que você possa fazer para melhorar a sua aparência, então faça. Mas ficar obcecado com isso e se sentindo mal só prejudica a sua auto-estima.

4. Comemos ou bebemos de mais ou de menos.

Quando estamos sós, tendemos a comer demais, ter aquele lanchinho, fazer escolhas alimentares não saudáveis ou beber demais. Quando ninguém está vendo e ninguém nos controla, qual o problema em comer mais um saquinho de batata frita ou mais alguns biscoitinhos extras? Decida como você quer tratar o seu corpo e torne-se seu melhor defensor de uma alimentação saudável.

5. Assistimos muita TV

Assistir TV não é de todo ruim. Não deixa de ser um boa maneira de relaxar. Mas quando se torna a nossa principal atividade toda vez que estamos cansados ou entediados, não nos esforçamos em procurar por atividades mais interessantes ou criativas. E assistir muita TV significa que estamos sentados ou deitados demais, o que não denota um estilo de vida ativo ou saudável.

6. Mergulhamos em pensamentos negativos

Quando estamos sós, é fácil cair em pensamentos negativos sobre nós mesmos, pessoas do trabalho, o motorista que te fechou, etc. Pensamentos negativos se tornam hábitos que promovem ansiedade, agitação e até mesmo a depressão. Quando você está só, encontre uma forma de monitorar seus pensamentos ou ações negativas que ficam indo e vindo, interrompê-los e substituí-los por algo positivo.

7. Falamos de maneira áspera com nosso cônjuge, companheiro ou filhos

É extremamente fácil deixar o seu stress, raiva ou sentimentos ruins afetar seus relacionamentos mais próximos na privacidade da sua casa. Dizemos coisas impensadas e prejudiciais para as pessoas que mais amamos por que temos a segurança de que elas não nos deixarão. Mas você diria essas coisas para um parceiro de negócios ou um amigo? Quem você quer ser para seus entes queridos?

8. Trabalhamos muitas horas

Se você trabalha em casa ou traz trabalho para casa, já se pegou trabalhando mais tempo do que você realmente deveria? Trabalhar em casa tem suas vantagens, mas não quando isto cria um desequilíbrio com a família, amigos ou outras atividades.

9. Evitamos soluções

A sós, é também mais fácil ignorar problemas ou conflitos e nos distrairmos com a TV, navegando na Internet ou outras atividades de entorpecimento mental. Quanto mais ficarmos sem enfrentar problemas e conflitos, mais complicados eles ficarão.

10. Esquecemos os bons costumes

É uma das coisas que deixamos passar quando estamos sozinhos. Mas com sua família, não se esqueça que as boas maneiras é o que nos separa das feras!

11. Nos isolamos

Se você tem um trabalho estressante ou teve um dia ou uma semana difícil, é fácil nos retirarmos para a solidão e nos desconectarmos do mundo. Mas isolamento em excesso não é saudável. Pode nos levar à solidão e à depressão.

12. Pensamos ou nos preocupamos demais.

Ter tempo para nós mesmos, às vezes nos dá tempo para se preocupar ou refletir sobre problemas ou eventos futuros. Quando notar isso acontecendo, distraia-se com algo positivo – como seu tempo com a família ou amigos, finalizar um projeto, ou qualquer outra coisa que ocupe sua mente.

13. Nos cedemos à inveja

Onde quer que olhemos, podemos encontrar pessoas que tem algo que queremos ou que podem fazer algo que gostaríamos de fazer. É comum voltar para casa e começar a pensar sobre essas pessoas. Nos pegamos na inveja e desejando ter mais. Este tipo de pensamento é improdutivo e potencialmente prejudicial.

14. Gastamos demais

Agora que podemos fazer todas as nossas compras online, é realmente tentador fazer uma compra na comodidade de casa “sem ver” o seu dinheiro ir embora. Tédio, solidão e inveja pode nos puxar para o computador para comprar coisas que realmente não precisamos.

15. Nos intrometemos na vida dos outros

Já se pegou algumas vezes olhando as coisas do seu cônjuge ou lendo o diário da sua filha? Você já invadiu o espaço de forma negativa de um membro da sua família simplesmente por que você pôde? Já interrompeu o momento de privacidade de algum membro da família? Precisamos respeitar a privacidade e a dignidade uns dos outros, mesmo quando são familiares e vivem conosco.

16. Emprestamos sem pedir

Além de curiosos com as coisas dos outros, às vezes pegamos suas coisas. Não que isto seja roubo, mas sem ter a gentileza de pedir e perguntar. Os membros de nossa família merecem isso tanto quanto os outros.

17. Criamos bagunça

Quando estamos sós, que diferença faz se deixamos a louça empilhada na pia ou nossas roupas espalhadas pela casa? Como você mantém o espaço em que vive é um reflexo de como seu mundo interior opera. Manter sua casa limpa e arrumada lhe dá energia e faz com que você e sua família sintam-se mais leves.

18. Olhamos muitos materiais não saudáveis no computador

Seja notícias, pornografia, violência ou fofocas das celebridades, nosso computador pode ser uma fossa de energia e imagens negativas. Todos nós olhamos ou nos deparamos de vez em quando com uma dessas coisas, mas se isso se torna um hábito regular, irá prejudicar seus relacionamentos e seu auto-respeito.

19. Ficamos na defensiva ou na reativa

Quando ninguém está olhando, a válvula da nossa maturidade emocional é liberada. Quando estamos sós com nossos cônjuges ou filhos é fácil deixar fluir comportamentos como os das crianças e até mesmo comentários defensivos ou reativos. Ou quando estamos sós, nos afundar na auto-piedade ou explosões de raiva.

20. Não nos afirmamos para nós mesmos

Temos uma ótima oportunidade quando estamos sós em tomar um tempo para construirmos a nós mesmos e nos tornar pessoas melhores. Ao invés de se entregar a pensamentos negativos, palavras de raiva ou atividades para nos entorpecer mentalmente, pense como você pode usar o seu tempo a sós para aumentar a sua confiança, tornar-se saudável, melhorar seus relacionamentos ou se tornar mais auto-consciente.

Sua casa é seu porto seguro e deveria ser um lugar de paz e rejuvenescimento. Comece a ver o seu tempo quando sozinho ou com sua família como sagrado e valioso, para ser o melhor de si e fazer escolhas para o seu crescimento e fortalecimento de si mesmo e da sua família.

Anúncios

Gostou? Deixe um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s